Uncategorized

Lista de alimentos ricos em vitamina K

A vitamina K é um grupo de compostos lipofílicos derivados do isopreno, uma substância encontrada nos lipídios, ou seja, na gordura.

A existência da vitamina K demonstra que sempre é proibitivo fazer dietas restritivas, pois a grande maioria dos nutrientes tem alguma função importante em nossa saúde, e a vitamina K é uma incrível protetora contra hemorragias, sendo inclusive chamada de vitamina anti-hemorrágica.

 Benefícios

Além da ação coagulante, a vitamina K é fundamental para a saúde bucal, a saúde cerebral, cardíaca, a densidade óssea e combate das dores menstruais.

 Tipos

Existem dois tipos de vitamina K :

  • vitamina K1, que pode ser encontrada em vegetais;
  • vitamina K2, encontrada em laticínios e sintetizada pelas bactérias presentes em nossa flora intestinal.

 Alimentos ricos em vitamina K

Agora trazemos uma lista com os alimentos que são ricos em vitamina K, com a quantidade em microgramas da vitamina por porção de 100 gramas do alimento, além de quanto isso representa em nossa necessidade diária dessa vitamina tão importante.

Os alimentos mais ricos em vitamina K são:

Couve-galega (cozida, típica de Portugal): 407 mcg (339% da dose diária);
Foie gras: 369 mcg (308% da dose diária);
Óleo de soja: 184 mcg (153% da dose diária);
Brócolis (cozidos): 141 mcg (117% da dose diária);
Couve-de-bruxelas (cozida): 140 mcg (117% da dose diária);
Repolho (cozido): 109 mcg (91% da dose diária);
Bife de fígado: 106 mcg (88% da dose diária);
Queijos duros: 87 mcg (72% da dose diária);
Queijo Jarlsberg: 80 mcg (66% da dose diária);
Costeleta de porco: 69 mcg (57% da dose diária);
Pinhão: 54 mcg (45% da dose diária);
Frango: 60 mcg (50% da dose diária);
Ameixa seca: 60 mcg (50% da dose diária);
Mostarda-castanha (folhas cozidas): 593 mcg (494% da dose diária);
Folhas de beterraba (cozidas): 484 mcg (403% da dose diária);
Espinafre (cru): 483 mcg (402% da dose diária);
Salsinha (fresca): 1.640 mcg (1.367%);
Natto (alimento japonês à base se soja fermentada): 1.103 mcg (920% da dose diária);
Acelga (crua): 830 mcg (692% da dose diária);
Couve (cozida): 817 mcg (681% da dose diária).

Minha recomendação é que dessa lista você selecione os alimentos que são também alcalinos, porque dessa forma além de estar suprindo suas necessidades de vitamina K estará ainda alcalinizando seu organismo e melhorando sua saúde.

Ainda não sabe quais são os alimentos alcalinos? CLIQUE AQUI para descobrir.

 Deficiência de vitamina K

A deficiência de vitamina K (condição muito rara) ocorre quando o corpo não consegue absorver adequadamente a vitamina K do trato intestinal.

Esse problema pode ser causado por certas doenças (incluindo fibrose cística, doença celíaca e doença de Crohn), uso prolongado de antibióticos ou medicamentos para afinar o sangue ou tratamento com hemodiálise.

Sinais e sintomas de deficiência de vitamina K incluem sangramento excessivo e hematomas.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *